fbpx
skip to Main Content

Como saber se preciso de limpeza de pele?

Como saber se preciso de limpeza de pele. Mulher deitada de olhos fechados com esteticista limpando sua pele

A pele do nosso rosto está sempre exposta a diversos fatores como: poluição, sol, estresse, alteração hormonal, aquela maquiagem que a gente ama passar, entre outros. Tudo isso faz com que aumente a oleosidade gerando o fechamento dos poros, que posteriormente formam os cravos e espinhas.

Muitas pessoas acreditam que a limpeza de pele deve ser feita somente quando a pele estiver cheia de cravinhos, estão muito enganados. Os benefícios da limpeza de pele vão muito além da extração desses pontos pretos que ninguém gosta.

A frequência pode variar de acordo com diversos fatores: tipo de pele, sensibilidade da pele e os objetivos principais da realização dos procedimentos. Por isso, a frequência ideal é determinada durante a consulta dermatológica.

O fato é que peles mais oleosas precisam de intervalos menores. Ou seja, a limpeza deve ser feita, em geral, a cada 40 dias ou no máximo com um intervalo de dois meses.

Como é feita a limpeza de pele?

O procedimento é indicado para todos os tipos de pele — secas, mistas, oleosas e acneicas. Tem duração de aproximadamente 1 hora e deve ser realizado no consultório.

Embora existam variações para aplicar a técnica, a limpeza de pele segue um padrão que visa remover impurezas como oleosidade excessiva, resíduos de poluentes e sobras de maquiagem que utilizamos no dia a dia.

Conheça, a seguir, as etapas da limpeza de pele.

Higienização

Conhecida também como assepsia, a fase inicial consiste na higienização da derme com o auxílio de sabonete, loção ou emulsão adstringente para remover os agentes poluentes que ficam depositados na primeira camada da pele.

Esfoliação

Por meio de produtos abrasivos o profissional faz movimentos circulares e delicados para promover o afinamento da córnea (camada superficial da pele). Dessa maneira, são eliminados cravos e espinhas que não estejam inflamadas.

Aplicação de vapor

Durante essa etapa é aplicada uma máscara na face e há um direcionamento de vapor de ozônio, que visa abrir os poros e facilitar a drenagem da cútis. Ainda tem a função de fungicida e bactericida que previne possíveis infecções no momento da extração.

Extração

Nesta etapa é feita a retirada dos comedões, aplicando técnicas precisas para não machucar a pele. Caso o paciente apresente cistos, o processo é feito com o auxílio de uma micro agulha descartável que remove a casquinha externa e o sebo do local.

Em geral, o procedimento é indolor, mas se a pessoa tiver a pele mais sensível, é aplicada uma pomada anestésica de uso tópico para garantir o conforto do cliente. Em seguida, utilizamos um equipamento de alta frequência, a fim de agilizar a cicatrização da derme.

Máscara facial

Após o processo de extração, aplicamos uma máscara à base de creme ou gel (se a pele for oleosa), a fim de acalmar a pele e evitar a vermelhidão. O produto deve permanecer na face por aproximadamente 3 horas e, então, ser retirado em casa antes de lavar o rosto.

Quais são os tipos de limpeza de pele?

Como foi dito, existem várias maneiras de fazer a limpeza. Elas são indicadas de acordo com o tipo de pele e a quantidade de cravos e impurezas que costumam estar acumulados.

Convencional

Em geral, é o processo de limpeza mais utilizado e pode ser feito em todos os tipos de pele. São empregados produtos de higienização, máscara térmica ou a vapor, aparelhos de alta frequência, entre outros procedimentos.

Peeling químico

Muitas vezes, somente a limpeza de pele não é suficiente para obter um bom resultado. Nesses casos, são aplicados ácidos sobre a cútis para remover as camadas mais danificadas por meio de descamação. O processo é indicado para peles com manchas ou que apresentam muitas espinhas.

Peeling de diamante

O peeling de diamante é recomendado para peles extremamente manchadas porque remove as células mortas com mais eficiência. Também pode ser usado em dermes mais grossas para deixá-las mais finas.

Hidratação

Há pessoas que têm a pele muito seca ou que apresentam pontos de descamação. Nesse caso, a limpeza vai promover a hidratação profunda por meio de um aparelho de ionização. Este fará com que os cremes emolientes penetrem melhor na derme.

Revitalização

Para quem tem a pele madura, cansada e sem viço, a limpeza de revitalização é a mais indicada. Ela tem como objetivo nutrir a cútis e deixá-la mais radiante.

Como cuidar da pele após o procedimento?

Após fazer a limpeza a pele demora cerca de 48 horas para se recuperar. Por isso, alguns cuidados devem ser tomados nos dias que seguem o procedimento.

O uso de produtos com ativos calmantes, como a água termal, são indicados para suavizar a derme e aplacar a vermelhidão pós-limpeza. Além disso, pode ser necessário aplicar produtos cicatrizantes, a fim de evitar que alguns pontos da pele fiquem inflamados.

A rotina de beleza deve ser mantida — higienização, tonificação, hidratação e uso de protetor solar. Porém, a esfoliação é recomendada somente 7 dias após fazer a limpeza de pele.

Saiba mais sobre nossos tratamentos

A Clínica Dra Lívia Maria Camargo integra os conceitos de saúde, beleza e bem estar, aliando alta tecnologia e modernas técnicas a um ambiente elegante, seguro e acolhedor.

Localizada na Praia do Flamengo, além de uma bela vista para o mar, a clínica possui uma equipe treinada e qualificada para oferecer um atendimento diferenciado.

Conheça nossos tratamentos e agende uma consulta!

Back To Top
Abrir chat
Olá! Precisa de ajuda?