fbpx
skip to Main Content

A celulite é um termo coloquial para depósitos de gordura aumentados, edema e tecido fibroso causando irregularidades na pele, e se encontra-se geralmente nas nádegas e coxas.

A celulite, como é chamada popularmente, faz parte do universo feminino em até 95% das mulheres. Sinônimos de celulite são: Hidrolipodistrofia Ginóide, Lipodistrofia Edematosa e Fibroesclerótica, Dermatopaniculopatia edemato-fibroesclerótica e Lipodistrofia Ginóide.

Atualmente observamos que a celulite tem aparecido cada vez mais precocemente. Jovens adolescentes já estão apresentando celulite de grau IV (presença de nódulos visíveis e dolorosos). A celulite tem ligação com herança genética e com a má alimentação, como dietas hipercalóricas, hiperlipídicas, insuficiente em proteínas, fibras, líquidos, sais minerais e oligoelementos.

Características da Celulite

A celulite caracteriza-se principalmente por ondulações da pele, deixando-a com aspecto de “casca de laranja”.

A celulite é característica genética das mulheres resultante de influência genética familiar, mas com uma grande parcela associada a influencias ambientais e estilo de vida.

Classificação e Gravidade

  • Grau 0: Sem ondulações ou irregularidades na pele ao ficar de pé ou deitado, mas ao pinçar a região surgem as ondulações, mas não covinhas ou depressões;
  • Grau 1: Sem ondulações e irregularidades na pele ao ficar de pé ou deitado, mas ao pinçar a região surgem as ondulações e também covinhas e depressões;
  • Grau 2: Ondulações, rugosidades, depressões e covas espontaneamente se fica de pé, mas não deitada;
  • Grau 3: Ondulações, rugosidades e covinhas estão presentes mesmo deitado. Muitas vezes é desconfortável ou dolorida a região acometida de celulite

Em casos graves e crônicos podem aparecer nódulos duros na pele.

Como tratar a celulite?

O tratamento da celulite deve incluir uma mudança de estilo de vida, como a adoção de uma dieta equilibrada e a prática regular de atividades físicas.

– Radiofrequência: a radiofrequência é uma das técnicas mais procuradas para diminuir a flacidez facial e corporal, pois estimula a produção de novo colágeno e elastina.

– Ultraformer emite uma grande quantidade de energia que atinge as camadas mais profundas da pele. Isso mobiliza o tecido gorduroso, gera maior oxigenação e uma melhora no quadro.

– Bioestimulação: nos casos de celulite com flacidez corporal, os bioestimuladores podem ajudar promovendo o estímulo de colágeno, a reestruturação da pele e a melhora nos contornos.

– Subcisão: por meio de uma agulha especial, o médico dermatologista irá descolar a pele para a quebra das traves de fibrose. Este procedimento promoverá a reorganização cicatricial, melhorando a circulação e atenuando as marcas da celulite.

Back To Top
Falar com consultora
Olá! Precisa de ajuda?